30.5.11

...Pele...


Foste Tu matriz
Dos vícios destes
Onde em mim revestis

Arranco-te d’aqueles
Momentos vis
Carne viva em que me fingis

A segunda
Primeira da hora
Esfinge me refiz

4 comentários:

Meias de Seda (Suzy) disse...

Menina, toda vez que venho aqui esse blog mudou de nome...rsrs
Belos versos!
Bjos e ótima semana ;)

Anônimo disse...

Oi Suzy!!! Não é menina, vários angulos..impossível conter...rs
Bjs lindinha e boa semana
V.Cruz

Anônimo disse...

Quando tudo for tão sincero e extenso, a fazer o diferente do que seja, haverá de ser chegada a hora, de a partir dos vidros coloridos dos vitrais da vida, chegar-se à origem, para encontrar o fogo! Viiixe... Bjs., Miguel-

Anônimo disse...

Miguel! Tu me LÊ...demais de bom...
Bjs queridão!
(tô de torcicolo ainda!)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...Sobre Imagens...

Informo que algumas imagens utilizadas aqui, não são da minha autoria, tendo sido em sua maioria, provenientes do google imagens. Ficando assim, à disposição dos seus respectivos autores, solicitarem a retirada a qualquer momento.

Fiéis escudeiros! Fàilte!