20.4.18

CONFIDÊNCIAS[1]


Sol escaldante
que retina foi essa que fulgurou?
segue esse embuste trôpego
essa poesia sem lei...
Ás vezes uma estrada recolhida em mim
viaja na memória da pele
circundado as bordas da auréola
que te anseia
diversas vezes num arrepio...
saudade que não mata
morada onde o sol
nunca se põe!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...Sobre Imagens...

Informo que algumas imagens utilizadas aqui, não são da minha autoria, tendo sido em sua maioria, provenientes do google imagens. Ficando assim, à disposição dos seus respectivos autores, solicitarem a retirada a qualquer momento.

Fiéis escudeiros! Fàilte!