16.1.17

Suor, Sal e Sol

Teu olhar em mim
um céu de imensidão
orquestra tuas mãos na pele
execução desde o bocejo
 até o despertar
explosão atômica
céu que me despe
 tateando revelações explicitas
escritas um no outro
mergulho em vagas de prosa
correntezas e ondinas
um desejo intenso
encorpado
genuíno
escoo versos úmidos
para arrebentar na praia
nosso [a]mar em

suor, sal e sol...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...Sobre Imagens...

Informo que algumas imagens utilizadas aqui, não são da minha autoria, tendo sido em sua maioria, provenientes do google imagens. Ficando assim, à disposição dos seus respectivos autores, solicitarem a retirada a qualquer momento.

Fiéis escudeiros! Fàilte!