17.9.12

...Sou bicho homem...


Morre-se tantas vezes!
De dor, de tristeza, de amor, de cansaço, de rir...
Morre-se por deixar de querer existir...
Morre-se de alegria...
Ontem mais uma vez...eu morri!
Segurei com as duas mãos, e mais uma vez bebi a essência de todas as coisas num único gole.
Entreguei-me cansada à dona da vida. Estava pronta para abdicar da minha ousadia desbravadora que quer todas as coisas num sopro só. E ela veio, abrindo as feridas para expulgar a noite sem estrelas e me restituindo as forças liberando meus bichos...
Aprumando minhas asas...
Me ensinando que a vida é para quem ousa ir sempre mais...
Hoje acordei sentindo que a cada pequena ou grande morte mais perto de tudo ficamos...
Mais perto de nós estamos...
Estou pronta para ser bicho...
Estou pronta para ser bicho homem!

2 comentários:

Joakim Antonio disse...

Que possamos ter a sabedoria, e ousadia, dos outros bichos irmãos.

Beijo e linda vida!

Valéria Cruz disse...

Pois é Joakim, penso que um dia chegaremos lá...
Bjão
V.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...Sobre Imagens...

Informo que algumas imagens utilizadas aqui, não são da minha autoria, tendo sido em sua maioria, provenientes do google imagens. Ficando assim, à disposição dos seus respectivos autores, solicitarem a retirada a qualquer momento.

Fiéis escudeiros! Fàilte!