10.9.12

...'Sombra do vento'...


A mercê de tudo e de todos estamos!
Não posso ser condenada por ter fantasmas pendurados dentro do armário...
Todos nós os temos e eles sempre escolhem nos assombrar...
Dobre agora essa fotografia que foi tirada à ‘sombra do vento’...
E guarde como lhe convier...
Seja no fundo do bolso como recordação...
Seja espalhada nos vincos da curva da estrada...
Porque agora eu parto...
Não como escolha...
Mas parto-me ao ‘meio’...
Por saber que alguns caminhos são como reticências...
Inacabados delineios do que queremos enxergar...
Locupletados ou esvaziados...
Mas aqueles que escolhemos para ser...
... o fim do começo...
...ou um começo...
...sem fim...

6 comentários:

Rita Pacheco disse...

Parto-me ao meio!
Mt lindo! Traz-me a refletir sobre situações e sentimentos semelhantes!
Grande bj
RITA

Valéria Cruz disse...

Ai Rita!
estamos sempre partindo e chegando não é mesmo? Mas sabe, penso que tudo é válido quando também podemos levar e trazer coisas que não nos pesam...tais como bons sentimentos, boas vivencias...admirações...aprendizado...sou daquelas que acreditam que quando nos 're-partimos', multiplicamos... e assim, podemos ser um pouco melhor!
Bjão menina de olhos de águia.
V.

Thiago RioSul disse...

Oi Valéria
Estou aqui para mais uma vez ler suas linhas, sempre cheias de sensibilidade e desejar uma noite de paz

Abraços,
RioSul

Valéria Cruz disse...

Thiago!
Aqui com uma xícara de café perfumando meu ambiente, acabo de vir do teu blog com a alma em festa...
Obrigada!
Sorrisos...
V.

Ariel disse...

Olá Valeria,
boa noite,
É verdade, todos nós temos um fantasma no armário.

Eu apreciei este escrito,
tem uma grande mensagem!

Ótimo fim de semana
beijos
Primavera feliz

Valéria Cruz disse...

Oi Ariel,
Gosto sempre de "mergulhar"...e fico tão feliz quando alguém mergulha junto comigo...
Obrigada!
Bjão e bom final de semana
Besos
V.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...Sobre Imagens...

Informo que algumas imagens utilizadas aqui, não são da minha autoria, tendo sido em sua maioria, provenientes do google imagens. Ficando assim, à disposição dos seus respectivos autores, solicitarem a retirada a qualquer momento.

Fiéis escudeiros! Fàilte!