15.7.12

...Brevidade de instantes...


Hoje o universo está em festa!
Uma conjunção de planetas. Um choque de estrelas.  E entre o firmamento e o silêncio do infinito, por entre as nuvens, sempre houve deuses em plena criação.
Sim...
De que serviriam as nuvens se não para que os mortais pudessem construir seus castelos. Protegerem-se dos seus medos. Ou fazer deles seus abismos de vertigens?
A humanidade só sobrevive se houver emoção!
Sentimentos primitivos e genuínos que bombeiam a vida para fora das suas redomas mortais, onde certo e errado é validado pela referencia de quem observa.
E nesse dia em especial, nessa brevidade de instante, os deuses teceram os longos dedos apropriados para esculpir as nuvens...
E nessa permanência de instantes, rendo graças por ter esse momento existido em mim.



Olho no olho do céu de hoje com olhar de ontem...
Seriam só nuvens se não fossem esses dedos longos a desenhá-las...
Seria só música nostálgica do vento...
[Mas parece ter sido especialmente composta para manter-me acordada sempre]
Por mais cansadas que minhas pálpebras estejam...
Hoje eu sei...
Nunca deixarão de espelhar-te...
São as janelas da minh'alma que permanecem abertas...
E...
Esse vento que ainda sopra em mim é a certeza...
Dos meus castelos...
Dos meus medos...
Das minhas vertigens...
É a certeza de que enquanto Eu existir...
Tu existirás...
Também...
..e talvez...
Apenas em mim!

12 comentários:

JANE FREITAS disse...

LINOOO!!!
Escreve com muita sensibilidade PARABÉNS!

Valéria Cruz disse...

Oi amiga!!!
Que bom te ler também por aqui!
Obrigada pelo comentário, vindo de ti, alma sensível, afinada como cordas de violino, tudo vira música!
Saudades de ti, precisamos "fofocar"...rs
Bjão e bom domingo.
V.

Claudia Santos disse...

Olá Valéria,
que texto lindo!
Acho que eu ando bem assim..
sentindo um vento soprando trazendo-me a certeza de que eu existo em mim.
Adoro ler-te, encontro-me em tuas letras.
Um beijo em ti, com enorme carinho.

Valéria Cruz disse...

Oi Cláudia, que esses bons ventos sempre a tragam até nós.
Bjão e linda semana!
V.

Joakim Antonio disse...

E as nuvens movem-se para onde os desejos apontarem.

Uma linda noite e vida!

Valéria Cruz disse...

E quando os desejos são intensos, mas se movem com a leveza de nuvens e a velocidade de ventos...espelham raios e retumbam trovões e só assim, sei também, eu, ser tempestade...
Bjão Joakim

RITA PACHECO disse...

Oi Valéria!
Vindo aqui retribuir tua visita e me deparando com essas lindas palavras!
Muito legal isso!
Com relação a fotografia, é só dar o primeiro passo que depois vc vai até viciar de tanto fotografar! eheh
bjs e apareça sempre!
RITA

Ariel disse...

Olá Valéria,
muito obrigado pela visita.

belo texto ...
amor sempre viverá em um, com ou sem a outra pessoa.
beijos
ótima semana

(espero que você entenda o meu Português)

Valéria Cruz disse...

Oi Rita!
Obrigada por ter vindo e ter gostado. Imenso prazer recebe-la, quanto a fotografia, adoro, mas sou bem amadora, mas não perco a chance de registrar as coisas, segundo a minha ótica. Estou pensando em fazer uma página só com minhas fotos, é que no momento estou meio "presa", mas me aguarde!rs
Bjão e seja sempre bem vinda.
V.

Valéria Cruz disse...

Oi Eriel,
seu português está impecável, mas bom mesmo foi ter captado a mensagem.
Agradeço imenso e vou tentar por o meu "portunhol" em prática na próxima visita a voce.
Bjão e boa semana também.
V.

Patrícia Oliveira ♥ disse...

"Que a cada manhã a sua coragem acorde bem juntinho de você, sorria pra você, e o convide para viverem uma história toda nova, apesar do cenário aparentemente costumeiro."

Caio Fernando Abreu


...Que lindo este cantinho!!
adorei aqui, e com certeza ficarei :)

estou seguindo..
retribui??

beijos
http://momentosdapathy.blogspot.com.br

Valéria Cruz disse...

Oi Patrícia,
Obrigada pelo Caio Abreu, sempre bom le-lo.
Já estou te seguindo, agradeço imenso o comentário, seja bem vinda!
Bjão
V.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...Sobre Imagens...

Informo que algumas imagens utilizadas aqui, não são da minha autoria, tendo sido em sua maioria, provenientes do google imagens. Ficando assim, à disposição dos seus respectivos autores, solicitarem a retirada a qualquer momento.

Fiéis escudeiros! Fàilte!