18.6.12

...Meio...

Poesia selecionada para a Edição Antológia Literária LITERATUS



Meio exagerados...
Compomo-nos em música para ser ouvida em braile...
Não sei dizer como tudo começou...
Entre nós não havia...
Um meio termo...
Um meio olhar...
Um meio [a]mar...
E em meio a tantos desejos...
Repartíamo-no ao meio...
Entrelaçávamo-nos meio sem começo nem fim...
Teu meio em meu meio...
Éramos o fio da meada que tranceteava a existência de nós...
E então tudo foi se desamarrando...
Os dias desfiando...
E nosso amor desalinhado definhando desafinado...
Ainda hoje...
Não sei onde começo...
Nem quando será em mim o teu fim ...

2 comentários:

Lobª Encªntªdª disse...

Amigaaaaaaaaaaaa...que orgulho, nosssa...chorando de feliz por ti...Agora tu é antológica...e eu sou amiga de uma antologica...não to podendo, transbordante isso...rs...
Amooo tumati

Valéria Cruz disse...

Minha amiga querida!
Sabes que o meu sucesso não é solitário. Voce que me "agencia" carinhosamente, me lendo, me incentivando e estando ao meu lado nos meus momentos mais difícieis, e todos que me acompanham, também - são merecedores de aplausos. Não sou ninguém sem voces!
Parabéns a nós que acreditamos que a poesia é vida!
Amooooooo
Obrigada!
bjsss
V.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...Sobre Imagens...

Informo que algumas imagens utilizadas aqui, não são da minha autoria, tendo sido em sua maioria, provenientes do google imagens. Ficando assim, à disposição dos seus respectivos autores, solicitarem a retirada a qualquer momento.

Fiéis escudeiros! Fàilte!