7.11.11

[Poderia dizer]

Por tantas vezes tentei falar...
Escrever, desenhar, dizer...
Hoje reconheço a inutilidade das palavras...
Na pele tatuada...
Mensagem que não sei ler...
Um enigma de sensações que convidam e repelem...
Serão meros apontamentos ou confissões?
Serão desenhos em fresco nanquim ou hachuras escavadas pelo tempo?
Desafios talvez...
A mim e a voce...

6 comentários:

€aµ disse...

Algumas vezes, não dizer nada é frase completa. Não fazer nada é a resposta dada.
Isso não quer dizer que não se sinta!
Escravos das palavras que somos, aprendemos a decifrar os silêncios!
Beijo, querida!
Adorei o texto!

Isabel disse...

Procurei palavras e nada pude dizer mesmo que assim o quisesse... e foi isso que em mim falou e foi assim que em meus olhos vc viu.

Perfeito tudo oque escreves e quero que saibas que este canto tem a uma magia inigualável.

beijo

Isabel***

[Tinta Sangue] disse...

Cau querida poetisa...linda passagempelo meu cantinho...minhas reverencias!
Bjsss

[Tinta Sangue] disse...

Minha doce Isabel! A magia que les,vem do perfume que asperge por onde passa...dizer que te amo é pouco vc sabe né...
Muiitos abraços apertados!!!

Magali Pastore disse...

tão profundo. muitas vezes não são necessários palavras, que se tornam apenas palavras. as emoções que temos em nós nos movimenta e nos dá vida de forma plena e constante.

[Tinta Sangue] disse...

Oi Maga,seja bem vinda...sim amiga...as vz um piscar de olhos, diz muito mais qye tantas palavras vãs.
bjss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...Sobre Imagens...

Informo que algumas imagens utilizadas aqui, não são da minha autoria, tendo sido em sua maioria, provenientes do google imagens. Ficando assim, à disposição dos seus respectivos autores, solicitarem a retirada a qualquer momento.

Fiéis escudeiros! Fàilte!