4.3.11

...Imagem...

Nos arrabaldes do Mundo percebo-me...
Onde tudo se perde...
...me perdôo...
Onde tudo se encontra...
...ninguém me ve...

Um grito alto...
Desperta-me desse transe caótico...
Nas entranhas das fatídicas conspirações...
Provo da sorte...

Entre tantos fatos consumados...
Confio no acaso...

Mas e daí?
Quem quer saber que me encontro do
outro lado do espelho?!?

Um comentário:

Dom Quixote (Thomaz) disse...

Gostei das metáforas! Poesia muito bem construída!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

...Sobre Imagens...

Informo que algumas imagens utilizadas aqui, não são da minha autoria, tendo sido em sua maioria, provenientes do google imagens. Ficando assim, à disposição dos seus respectivos autores, solicitarem a retirada a qualquer momento.

Fiéis escudeiros! Fàilte!